🚚 Frete R$ 1 em compras acima de R$ 99!

Argila rosa, além de outros tipos, como a verde, por exemplo, está em alta, pelo alto potencial não só na hidratação, como também de tratamento de forma geral. Já o colágeno, tem sido associado à argila para termos resultados ainda melhores. Mas como assim? Qual a relação entre os dois?

Tanto a argila quanto o colágeno são poderosos quando o assunto é saúde de pele e cabelos. A relação entre os dois é essa e o mercado inovou com a produção de itens que unem todos os benefícios entre os dois.

Primeiro, vamos falar sobre cada um de forma separada para entendermos um pouquinho melhor dessa dinâmica. Logo mais, falaremos mais sobre essa poderosa junção e como acontece. Confira:

 

O que é a argila rosa?

 

Argila rosa consiste em duas argilas em uma, isso se dá porque é resultado da junção da argila branca e a argila vermelha. A argila tem muitas propriedades que ajudam a fortalecer a pele. O tratamento com argila não é algo recente, civilizações antigas já usam as propriedades de argilas diversas para tratamentos e para limpezas de pele.

A principal recomendação da argila rosa são as peles mais ressecadas, desidratadas, até com problemas como rosácea, vasinhos aparentes, enfim. Os responsáveis pelos resultados obtidos são os minerais, que trazem um efeito antioxidante, anti-inflamatório, antisséptico, adstringente, enfim, que além de limpar estimulam a circulação sanguínea da pele.

 

O que é colágeno, afinal?

 

Colágeno é um tipo de proteína que é produzida com o auxílio da vitamina C, existem vários tipos de colágeno e ele está presente em todo o nosso corpo. A formação de cartilagens, de tendões, entre outros processos, são todos dependentes dos diferentes tipos de colágeno no organismo.

Na nossa pele, é responsável por trazer resistência e elasticidade, sendo que durante o envelhecimento perdemos a quantidade dele, por isso ficamos flácidos. A sua produção diminui com o tempo, resultando nas rugas e flacidez em todo o corpo. E não acaba por aí, vamos agora saber a relação entre os dois.

 

Argila Rosa x Colágeno: qual a relação entre dois?

 

Bom, a argila não possui colágeno, como podemos pensar tentando ligar esses dois elementos. Entretanto, o mercado une os dois itens a fim de fazer um produto que colabore para restaurar e rejuvenescer a pele facial. Claro que a união visa manter a naturalidade dos dois elementos, afinal, é nessa forma que podem ter o desempenho mais satisfatório.

A argila é vendida em pó, assim, o produto costuma relacionar o colágeno puro nessa argila. O resultado é um produto super completo para tratamento da pele, tanto para hidratar, quanto para retirada de impurezas e reposição de nutrientes e, claro, de colágeno.

 

Como aplicar argila rosa com colágeno?

 

A aplicação de argila é muito simples. Primeiro, você deve procurar por produtos de origem natural para conseguir um resultado mais completo. Faça uma lavagem do seu rosto com um sabonete próprio e seque levemente com a toalha. Depois, misture o pó com a água, aplique sobre todo o rosto, com exceção de olhos e da boca, e deixe secar.

Outra dica importantíssima é não usar nenhum material de metal na hora de preparar a argila. Não deixe o metal entrar em contato com a argila rosa, pois ele afeta os minerais da composição. Você deve esperar a máscara agir por cerca de 20 minutos, pois a argila fará o seu papel de tratamento, com todos os benefícios que citamos dela e do colágeno.

Para retirar é fácil, basta lavar o rosto com água e já pode perceber sinais de hidratação, por meio do viço natural que a pele ganha. É comum sentir ardência, mas não há contraindicações se o produto for natural. Você pode passar um hidratante facial para finalizar. Além disso, por não agredir a pele, pode até ser usada todos os dias sem causar nenhum ressecamento.

 

Posso aplicar a argila rosa com colágeno nos cabelos?

 

Se você deseja usar a argila rosa com colágeno para a saúde dos cabelos também é possível. Entretanto, não vamos fazer a aplicação nos fios, pois o atrito pode causar danos, faremos a aplicação no couro cabeludo. Para isso, você deve aplicar a pasta de argila rosa com os cabelos molhados, com cuidado para não atritar com os fios.

Naturalmente, a pasta escorre para os fios trazendo nutrição, não se preocupe com isso. O foco desse tipo de tratamento é com o couro cabeludo, pois a argila trabalha restaurando e tirando todas as impurezas. Assim como no rosto, a argila deve agir por 20 minutos e então deve-se fazer o enxágue.

Para potencializar esse tratamento capilar é interessante passar um pouco de óleo vegetal no comprimento e pontas. Com isso, você consegue um resultado mais completo e satisfatório, e sem químicas. Para quem já tem química nos fios, é preciso esperar dois meses após o procedimento, pois a argila pode retirar alguma propriedade, por exemplo, do alisamento.

Além disso, o uso pode ser como pré-xampu, aliviando a coceira do couro cabeludo, para tratar o excesso de oleosidade, sendo o mesmo processo de aplicação. Para esses fins, basta usar a cada 15 dias para obter resultados interessantes na sua saúde capilar.

Quem diria que a argila rosa e o colágeno estariam tão relacionados, não é mesmo? Como vimos, não há na argila rosa composição de colágeno, mas em razão do desempenho dela, foi acrescentado o colágeno para potencializar tanto tratamentos de pele, quanto capilar. Daí a relação entre os dois!

Para obter todos os benefícios que citamos, tanto da argila rosa quanto do colágeno, é interessante encontrar o produto que una os dois. Além disso, é importante que esteja em sua versão pura, natural, a fim de realmente alcançar o melhor resultado, sem aditivos de químicos pesados no organismo.

Caso você ame os produtos de composição totalmente natural, tanto para a sua beleza quanto para a sua saúde, confira já o nosso site. Conheça os nossos cosméticos de origem natural e tudo que eles têm a oferecer para melhorar o seu bem-estar!